au.cat
Inici Una auca? Com es fa? Temes Darrera auca Enllaços Llibre d'or Contacte Mapa del lloc
foto foto

Actualització     Página : Temes » Traduïdes » Auca de Otger Catalò, português

Auca de Otger Catalò, português

1. Das lendas da Catalunha
marca-nos a alma uma.

2. Uma só, especialmente
que narraremos em frente.

3. De Otger Cataló nos fala
esta história que não cala.

4. Nosso nome fundador:
De muitas de terras, senhor.

5. Sarracenos forasteiros
com galeras e veleiros

6. trouxeram aqui as guerras
ocupando as nossas terras.

7. Toda Ibéria é abatida:
feudos sofrem decaída.

8. A barbárie é iminente,
toda Ibéria se defende.

9. Um guerreiro destemido
vê a tudo comovido.

10. Perdeu os seus companheiros,
sofrendo um golpe rasteiro.

11. Logo avista uma cabana
na fenda de uma montanha.

12. Uma tenda feita em couro
e mil folhas cor de ouro

13. lhe serviriam de leito
pra curar-lhe os ferimentos.

14. Um cão vem e os vai lambendo,
diminuindo o seu tormento.

15. Viveu do leite da cabra
que todo dia ordenhava.

16. E o bosque deu-lhe alimentos
pra resistir muito tempo.

17. Por mais que o tente a saudade,
muita é a força de vontade.

18. É guerreiro destemido:
vai ao vento armas bramindo.

19. Também a adaga afiava
nas pedras que ele encontrava.

20. Ano em tudo venturoso,
Otger se sente orgulhoso.

21. Toca as trombetas de guerra
convocando os de sua terra.

22. E seu cão, uivando sempre
conhece terras e gente.

23. Encontra um bravo guerreiro
que leva a seu companheiro.

24. Erguem as mãos comovidos
por se terem conhecido.

25. Há que mandar a mensagem
a toda e qualquer paragem:

26. "Só se vence a Provação
unindo-se irmão a irmão."

auca Seneyera

27. E expulsai os Sarracenos
que invadem vossos terrenos".

28. E é bem clara essa missiva
para todas as famílias.

29. De Cervelló o varão
chega com sabre e pendão

30. junto ao barão de Montcada,
em altiva cavalgada.

31. E de Pinos o senhor
vem juntar-se com louvor.

32. Um dos Cerveras ostenta
o escudo, a bandeira!

33. O outro é de Mataplana,
e a esse ninguém engana.

34. E um sexto companheiro:
de Alemany o guerreiro.

35. Não demora o de Anglesola,
pois o que ocorre o desola.

36. Um oitavo vem de Erill,
guerreiro forte e viril.

37. E o de Ribelles enfim vem,
a que as damas querem bem.

38. Otger se faz capitão
contra o inimigo vilão.

39. A Montgrony conduz os seus
diante da Mãe de Deus,

40. pra fazer deste país
pátria livre e mui feliz.

41. Os Nove Barões da fama
carregam no peito a flama.

42. Guerreiam de forma impávida
pelo bem de sua pátria.

43. A lua islâmica foge
a cada ferrenho golpe.

44. O desafio foi cumprido:
não somos mais oprimidos.

45. E assim têm reconquistada
a fé antes olvidada.

46. E eis que enfim nos é dado
o seu precioso legado.

47. A catalã gente fiel
soergue a cabeça ao céu.

48. Mágica mitologia
e aquilo que nos ensina.

Text: Ramon Cuéllar i Sorribes, 2006
Tradução: Thiago Mori, 2007 - 2008
Text original: Auca de N'Otger Cataló

| Inici | Una auca? | Com es fa? | Temes | Darrera auca | Enllaços | Llibre d'or | Contacte | Mapa | Pujar | Imprimir |